quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Declaração de Amizade ;)

Existem pessoas que entram na nossa vida de uma forma completamente inesperada.

São pessoas que até pode levar algum tempo para com elas criar laços, mas se as vozes turbulentas dos que á nossa volta esbracejam e gritam o desespero do egoísmo ao qual vivem aprisionados se calarem por um momento apenas será possível aí encontrar o espaço necessário para crescer e florescer.

Corri, andei e cheguei a entrar em aviões para lugares inusitados e distantes, lugares onde antigas rotas nunca levariam e isto sempre em busca da sinceridade, da preseverança, do amar por amar, mas no entanto e até há bem pouco tempo as minhas buscas haviam sido sempre em vão.

Hoje no meio do ódio, aprendi o valor das palavras: AMIZADE, AMAR, FICAR, HUMILDADE!

No lugar onde exerço a minha prática profissional são grandes os momentos de frustração, mas no rosto amigo da menina que conheci, a menina Rocha tudo fica sempre mais claro e arejado.

Amiga e confidente, ela tem sido literalmente o meu rochedo.

....se ela soubesse que eu seria capaz de tatuar o nome dela na minha pele, se ela soubesse!!!

Mas sei que esse nome inesquecível já está a tinta permanente redigido no coração e daí ninguém o pode apagar.

Ela não é a pessoa que me apoia incodicionalmente, ou que sempre está de acordo, mas ensina-me a verdade e pode até com dureza fazê-lo, mas sempre com um travo de meiguice e preocupação. Ela tem sempre o "descaramento" de dizer a verdade nua e crua. Ela ajudou-me a perceber que existem mundos normais, sem complexos, medos ou conflitos. Que durante a noite podemos perguntar por alguém ou até o dizer " gosto tanto de ti" pode ser feito com naturalidade. Ela é o meu pedacinho de feng - shui!

Para qualquer lugar do mundo onde eu um dia decida mudar, ela sempre terá uma porta; um quarto;um refúgio; um lugar para espairecer ou permanecer.

Sim, ela também tem um mundo em permanente construção e desconstrução e, apesar dos muitos conflitos internos que tenho na minha vida pessoal, esta menina ficou inamovível com um rochedo no seu lugar, o lugar da amizade e decidiu permanecer. Minimizou as dores e tornou o meu mundo mais real e de uma normalidade quase absurda. A ti, Inês...que tens sido o meu rochedo em todos os momentos e sobretudo naqueles em que as águas revoltas do (a)mar ameaçam tragar-me e aos sonhos meus.

Com amizade por ti, só te quero dizer que aquele pedacito todas as manhãs do CAFÉ-Pois significam tudo e, são momentos que ficam de cumplicidade e que trazem consigo o sabor a vida.

Porque amo.te com o amor filial, que uma filha deve á sua mãe!!!

2 comentários:

Inês disse...

Tão lindo Jeanette!
Sabes...? Acho que foi a primeira vez que alguém escreveu alguma coisa a pensar em mim sem ser em aniversário ou no dia mais lamechas e comercial do ano!
Vês...? Afinal de contas esta coisa da amizade nada mais é que uma troca, e estamos sempre a aprender e a surpreender.
Beijos!

O Eu Cão disse...

É através da honestidade e da assertividade que reconhecemos os verdadeiros amigos. Amizade é isso, isso e amor.
Fico feliz por ti, Jeanette.
E o convite para jantar mantem-se. As coordenadas exactas, digo-te na altura. Mas é algures no canto superior esquerdo do Barreiro.
Beijinho.***


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©