terça-feira, 22 de março de 2011

I Cried For You....

Ele, aquele a quem o meu coração escolheu amar nos últimos três anos, vai embora.

Só quatro meses depois de ter iniciado esta relação tão desejada e já tenho de preparar o ADEUS...

Chamem Karma, coincidência, destino ou guardem apenas silêncio, mas isto acontece-me constantemente:

- Tinha eu 17 anos e o amor da minha vida foi viver para milhas de distância ( fui com ele e 5 meses depois voltava abalada ao meu poiso);

- Aos 24 anos e a história volta a repetir-se com um voo sobre o Atlântico; quando voltou foi para casar e eu mergulhar as depressões nas águas quentes de Cabo-Verde no dia e hora do casamento dele.

- Aos 27 e o coração dele era cigano, enquanto o meu procurava abrigo...

- Aos 31 e o ciclo repete-se!!!

Quando revejo a minha vida sou grata pelo rumo que ela levou, por não ter sido aos 17, 24 ou 27 que arrumei as prateleiras do coração, afinal ainda tinha muito para viver. Foram momentos terríveis de viver: a dor, a angústia, a separação de amores platónicos e quase reais, de amizades que se perderam por confusões de sentimentos.

Mas desde os 27 que estou a construir este amor e agora os ventos de mudança atiram com os meus projectos individuais por terra.

Já falámos muito na possibilidade de ir também....ao Brasil, viver!!!

Dizem que é um dos poucos países do mundo que vai conseguir escapar á crise económica mundial; que tem petróleo, investimentos externos, possibilidades boas de empregabilidade e crescimento; mas depois de três meses a meditar sobre essa possibilidade, eis que chego a conclusão nenhuma.

Existem tantas questões por responder!

Até onde é seguro avançar e arriscar?

Tenho profundos traumas, medos e inseguranças...

Ele é o meu amigo, o meu amor, a minha pessoa....

Conseguirei reunir forças suficientes para dentro de dias o ver partir e dizer até já ou até nunca?

Neste estado de profundos olhares e divagações tem-me faltado o desejo de escrever e partilhar...

Sinto que tenho a vida em modo Stand By e que o controlo não está na minha mão....

Não sei...e aquilo que sei é que só desejava ser feliz ao lado dele!


Sem comentários:


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©