segunda-feira, 10 de maio de 2010

Crime Scene Investigation...

Ontem sucedeu a maior tragédia da minha vida...
Uma criança de dois anos e meio morreu nos meus braços...
Não vos consigo descrever a dor que sinto na minha alma e a frustração que é a de ter uma vida nas mãos, tentar por todos os modos reanimá-la e não conseguir fazer nada de nada.
A criança sofria de várias deficiências, mentais e motoras e ainda sofria de falência dos rins e tinha uma oclusão intestinal já há três semanas.
Tentei a reanimação respiratória, as massagens cardíacas e a respiração boca a boca e pra meu espanto a criança começa a vomitar pela boca, as fezes.
Quando os médicos do INEM chegaram já não havia nada a fazer.....
Como eu queria ter dado a minha vida por a daquele inocente, preferia estar eu hoje na morgue, a ver a mãe dele a gritar e a chorar pelo único filho que acabava de perder.
Ontem foram os carros polícia, os homens a tirarem fotos de cada canto da minha casa, vestidos com fatos especiais, as luvas nas mãos, os interrogatórios e isto é só o príncipio das dores de parto.
Perdi a vontade de sorrir....

2 comentários:

Gingerbread Girl disse...

Vais voltar a reencontrar a vontade de sorrir, com certeza.

Estás na paz de saber que fizeste tudo o que pudeste para salvar essa criança.
Ela não vive, mas vives tu. Deixa-a viver em ti. Vive pelas duas. Sê feliz pelas duas.

Abraço apertado*

Jeanette Zork disse...

Gingerbread Girl;

Obrigada pelo teu abraço apertado, soube-me bem sentir isso ao acordar hoje de madrugada...tenho tanto frio e esse abraço aqueceu-me muito.

obrigada linda :)

Zork Kissis***


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©