terça-feira, 28 de setembro de 2010

Desculpa...Mas ando a ler Isto!


" O amor é um céu aberto. Estar apaixonado é voar nele.
Mas, certamente, um céu sem limites, sem fronteiras, cria medo (...) o amor é um fenómeno paradoxal.
São precisos dois, inicialmente, e no final são precisos dois para existir como um.
É o maior dos enigmas; é o maior dos puzzles.
Não pode amar menos e não pode amar mais-porque não é uma quantidade.
É uma qualidade, é imensurável.
O amor não pode ser entendido como um entusiasmo biológico - isso é lúxuria.
Lúxuria é uma paixão cega; o amor é a fragância de um coração silencoso, pacífico, meditativo.
O amor nada tem a ver com biologia,química ou hormonas."

2 comentários:

siceramente disse...

Bonito :D O amor nada tem a ver com biologia, química ou hormonas :D

Jeanette Zork disse...

Sice :)
Também achei lindo e pode parecer dificil de acreditar, mas existem amores assim...que desafiam todas as leis da física e da química!!

p.s. sou a prova disso ;) :P

Zork Kissis****


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©